PUBLICIDADE

Topo

7 dicas para quem tem preguiça de se maquiar

Larissa Drumond

31/10/2017 10h33

No primeiro post do blog, eu havia comentado que a maquiagem funciona como terapia para mim (e dei 3 dicas quentes de batons para comprar dentro e fora do Brasil). Gosto de sentar em frente à minha penteadeira, escolher uma playlist de acordo com o meu humor e começar o ritual. Mas, claro, nem todo mundo é assim! Quantas pessoas não preferem mais 20 minutinhos na cama? Eu amo dormir, então eu as entendo completamente.

Eu trabalho em uma startup em Rotterdam, na Holanda, e uma das minhas amigas de trabalho sempre elogia minha maquiagem, mas admite que não tem ânimo para acordar mais cedo e se arrumar – no máximo, um delineador para dar um up no visual. Cerca de um mês atrás, ela me pediu ajuda porque queria começar a comprar alguns produtos; na última quinta-feira, ela me contou toda feliz que havia comprado um BB cream pela primeira vez. Por isso, pensei: "Por que não dar algumas dicas para quem morre de preguiça de se maquiar, mas às vezes quer dar um tapinha antes de sair de casa?" Obrigada, Carmen, por ser a musa inspiradora deste post! Ou melhor, muchas gracias!

Prometo que todos os truques são muito simples e cada um deles mal leva 5 minutos. De qualquer forma, encare-os como um pacote de TV a cabo: você pode escolher o modelo mais simples, porque já é o suficiente para ser feliz, ou optar por um combo com 2 dicas ou mais – vai depender apenas do seu tempo e da sua disposição!

Porém, antes de começar, eu gostaria de deixar claro que mulher nenhuma neste mundo é obrigada a nada – só a pagar os próprios boletos, como qualquer outro ser humano, para depois não receber uma cartinha do Serasa. Fora isso, cada pessoa tem um estilo e uma beleza única com ou sem maquiagem; ou seja, não estou dizendo que para ser linda é preciso se maquiar. Jamais!

Vamos ao que interessa…

1. Invista nos olhos delineados
O delineador pode ser seu melhor amigo nos dias de pressa e preguiça: destaca o olhar e faz uma grande diferença! Existem três tipos do produto: caneta, gel, ou líquido. Eu, particularmente, prefiro em caneta porque acho mais prático, mas recomendo usar os três até perceber com qual você se adapta melhor – isso só o tempo e a experiência vão lhe mostrar. O gel deve ser aplicado com um pincel pequeno chanfrado (aquele com os pelos cortados na diagonal) ou com um bem fino, que vem praticamente com um tufinho – alguns vêm até com o metal dobrado para ficar mais fácil de controlar os movimentos.

Se você acha o delineado gatinho difícil, uma opção é fazer um traço acompanhando o formato dos olhos. No entanto, posso assegurar que o puxado do gatinho é questão de prática e, mesmo depois de muito tempo, tem dia que o delineador parece estar amaldiçoado e o desenho não sai bom por nada! Ou sai bom, mas o outro olho fica torto. Acontece!

Como a ideia é não perder tempo, treine em outros momentos, porque a pressa é inimiga da perfeição. Depois de bastante prática, você não vai precisar prender a respiração mais, e o gatinho vai sair em menos de 5 minutos. Segura na mão de Deus e acredita!

Esses são alguns dos delineadores que eu tenho, mas o meu preferido é o Pretty Easy, da Clinique, que custa R$ 129. Por vários motivos: ele é MUITO preto, não preciso passar várias vezes para conseguir o resultado desejado, além de a duração ser impressionante. Ele só sai quando eu quero. Posso suar, pode chover (até porque aqui na Holanda chuva é o que não falta – e é sempre uma surpresa!), pode vir o novo dilúvio de Noé, posso nadar 100 metros rasos – mentira, aí eu já não sei! – que ele continua firme e forte. E o que eu mais amo é que o pincel da caneta tem a precisão perfeita: não é tão duro, mas não é macio demais, o que torna o processo pretty easy mesmo – como o próprio nome diz. Outro do qual eu gosto bastante, mas não está na foto, é o da Make B.

Da esquerda para a direita:

They're Real! Push-Up Liner Mini, Benefit (R$ 65) | Pretty Easy Liquid Eyelining Pen, Clinique (R$ 129) | Master Precise Maybelline (R$ 46) | Caneta Delineadora Quem Disse Berenice (R$ 39,90). A minha é a azul, não a preta. Comprei em uma loja física da marca; no site, o produto na cor azul não está disponível no momento. | Liquid Eyeliner Pen Avon (preço sob consulta) | Rimmel London Colour Precise Eyeliner (preço sob consulta, já que o produto não é vendido no Brasil; paguei € 8 em uma farmácia na Holanda).

Eu estou louca para usar os da Kat von D – se você já usou, deixe sua opinião nos comentários!

2. Capriche na máscara de cílios
Ainda falando da área dos olhos, se você tiver hora para sair e ainda estiver insegura em relação ao delineador, uma estratégia simples é a máscara de cílios. Existem mil tipos no mercado com vários aplicadores diferentes – cada um responsável por dar um efeito específico: alongar, dar volume, ou curvar. Eu nem preciso falar que eu gosto dos mais poderosos e densos – já chegaram a me perguntar se eu tinha extensão, porque eu capricho mesmo!

Um detalhe que faz uma diferença ABSURDA e eu só comecei a fazer no fim do ano passado – não me pergunte por que eu não aderi a esse truque antes – é aplicar máscara nos cílios inferiores. Tem dia que eu saio de casa igual a Twiggy, a famosa modelo dos anos 1960! Uma máscara que eu amo usar na parte de baixo é o Great Lashes, da Maybelline. Outro que eu ainda não testei, mas ouvi falar que é maravilhoso para essa área, é o Upward Lash, da MAC (R$ 115).

Borrou! E agora?
Paciência é uma virtude! Se acontecer o que você mais temia, espere o rímel secar completamente, pegue uma haste de algodão (o famoso cotonete) e passe com delicadeza (não é para esfoliar a pele, viu? Dá raiva, mas vai com calma!) até a parte borrada sumir. Depois de seco, ele forma uma casquinha e fica muito fácil de ser removido. Não passe demaquilante, senão você vai tirar todas as camadas de maquiagem já aplicadas na área: corretivo, base, blush e iluminador, por exemplo.

Da esquerda para a direita:
Luxurious Lashes Maxi Brush Mascara, Kiko Milano (paguei € 8 em uma loja da Kiko Milano na Holanda. No Brasil, as máscaras variam de R$ 49,90 a R$ 79,90 dependendo do modelo); Rock 'n' Doll Crazy XXXL Volume, Essence (€ 2,89) Sim, você viu o preço certo! Essa é uma das melhores máscaras que eu já usei na vida e custa menos de 3 euros. Os produtos da Essence são vendidos em farmácia no exterior e são muito baratinhos, mas operam milagres (no rosto e no bolso!) Se viajar ou tiver alguma amiga viajando, compre para testar! | I Love Extreme Crazy Volume, Essence (€ 2,89) | Máscara Exagerada, Quem Disse Berenice (R$ 37,90) Great Lash, Maybelline (eu revirei o site da Sephora, da Renner e da própria Maybelline, mas não consegui achar essa máscara especificamente. De qualquer forma, a marca tem várias outras opções incríveis no Brasil, como o Colossal, que eu também recomendo muito!) | High Impact Mascara, Clinique (R$ 99) | Máscara De Cílios Cils D'Enfer Extra VolumeGuerlain (R$ 195) Ganhei a amostra, que é pequenininha e ótima para levar em viagem, e amei. Dá bastante volume mesmo! | False Lash Superstar X Fiber, L'Oréal (€ 17,99) O interessante dessa máscara é que ela tem dois lados: uma parte com a escovinha menor e a outra com uma maior. Eu geralmente uso a menor para os cílios inferiores.

Uma observação importante: você já deve ter percebido que farmácia na Europa é um paraíso para quem ama beleza. Claro que eu recomendo marcas das quais eu gosto, mas não se apegue tanto a isso quando o foco são as dicas, não os produtos em si. Escolha marcas brasileiras – caso essa seja a opção mais fácil para você – porque existem muitas incríveis: Avon, Natura, Quem Disse Berenice, Contém 1g, O Boticário, Make B, Eudora, Vult… Fique tranquila e use o que você tem! Como eu moro na Holanda há mais de 1 ano, a maioria dos produtos que eu trouxe do Brasil já acabou – a não ser os que amigos e familiares trouxeram para mim. Dramas da vida real.

3. Esfume como se não houvesse amanhã
Juro que esta é a última dica para a área dos olhos, mas a realidade é que o olhar é uma região muito expressiva e qualquer maquiagem que você aplique – corretamente, claro! – muda drasticamente, disfarça aquele inchadinho de sono da manhã e evidencia a beleza que já está lá.

Quando se fala em esfumado, parece que é um módulo avançado de maquiagem, mas não fique abalada com o termo. É muito fácil, prometo! Primeiramente, use um pincel de sombra especificamente para esfumar: são aqueles mais fofinhos, maleáveis, com um formato levemente arredondado para conferir mais precisão. Aplique sombra marrom do tom que você preferir e faça movimentos de vai e vem no canto externo do olho e no côncavo, para dar mais profundidade e abrir o olhar. Não sabe o que é o côncavo? Vou explicar: é aquela dobrinha do olho entre a pálpebra móvel e a parte de cima.

Se preferir, também use uma sombra clarinha ou um iluminador para criar um ponto de luz no canto interno do olho. Para isso, use um pincel de aplicação – ou o dedo mesmo, caso esteja com o tempo contado. Não vamos fingir costume entre nós, o importante agora é a praticidade.

4. Aposte nos batons escuros
Pode perceber: seu rosto pode estar sem um pingo de qualquer produto, mas ao escolher uma cor mais forte para os lábios, a impressão é de que você está produzidíssima. Então já sabe: quer ficar arrumada em 2 minutos? Invista no batonzão: vermelho, vinho, roxo, fúcsia, marrom, enfim, o que tiver mais a ver com você! Ou preto também, se quiser fazer a linha gótica suave – ou não tão suave assim.

5. Confie no BB Cream
O produto foi novidade no mercado alguns anos atrás e foi um sucesso tremendo, as pessoas enlouqueceram para entender do que se tratava: o que é, do que se alimenta, como se reproduz, onde vive? O BB Cream é um produto que faz as vezes do primer (produto que prepara o rosto e o deixa com um acabamento matificado, ajudando na fixação da maquiagem e evitando o aspecto oleoso) e da base por ter um pigmento que uniformiza o tom da pele. Além disso, ele agrega funções como protetor solar, hidratante e até ativos antioxidantes.

Se você mora em um lugar onde os raios solares são muito intensos ou vai passar o dia inteiro sob o sol, não é recomendado confiar inteiramente na capacidade de proteção solar do produto: ele auxilia, mas pode não ser suficiente. Do contrário, use-o à vontade, mas lembre-se de que a cobertura não é tão alta como a de uma base. A função dele é deixar a pele homogênea, mas de uma forma bem mais natural.

Como usar? Use um pincel duo fibra (misto de cerdas sintéticas e naturais) ou de base, um beauty blender (esponja no formato de gota) ou os dedos. Se mesmo assim você sentir que precisa de uma cobertura maior, corrija as imperfeições com corretivo (jogo rápido!) e finalize com pó na zona T (testa, nariz e queixo), que é uma região onde naturalmente a oleosidade fica acumulada.

6. Diga sim ao lip balm colorido
Minha função aqui é descomplicar sua vida. "Ai, meu Deus! O que é lip balm?" Lip balm nada mais é do que um protetor labial, ou seja, uma manteiga de cacau, mas sem aquele cheiro de brigadeiro saindo da sua boca o dia inteiro. Várias marcas oferecem protetores labiais de diversas cores, então se você não gosta de ficar com a boca brilhando, aposte em uma corzinha sutil. Não fica chamativo (afinal, nem todo mundo gosta de colocar um vermelhão às 8h da manhã! Eu coloco, mas cada um tem o direito de ser feliz como achar melhor), hidrata a boca e ainda colore os lábios. Gosto dos tons mais avermelhados, que dão aquele arzinho de saúde.

7. Use bronzer ou baked blush
Não é todo dia que você tem tempo para passar contorno, blush e iluminador; para resolver a questão, invista em um bronzer ou em blushes do tipo "baked", que são aqueles com aparência marmorizada, com uma cintilância de sereia. Eu sou suspeita para falar, porque amo qualquer coisa que brilhe, mas o visual fica chique, elegante e iluminado. Passando com cuidado, é uma ótima opção para qualquer hora do dia!

Na foto acima: Hema Wet and Dry Blush Powder #54 (€ 4,50). Hema é uma loja de departamentos holandesa presente em toda a Europa. É como se fosse as Lojas Americanas, mas com objetos de decoração e linha própria de maquiagem. | Blush #10 Golden Chestnut, Bourjois (€ 10). Bourjois também é uma marca relativamente fácil de ser encontrada no Brasil, é vendida em diversas perfumarias e grandes redes de drogarias.

Um baked blush que amo de paixão, mas não está na foto, é o Baked Powder Blush 04 Terra Sole, da Milani Cosmetics (clique no link para ver). É maravilhoso! De qualquer forma, a dica é válida para a marca a qual você tiver acesso e na cor mais apropriada para o seu tom de pele.

Espero que eu tenha ajudado! Quer conversar comigo? Siga meu Instagram (@laridrumond) ou mande um e-mail para larissatudobeleza@gmail.com Até a próxima semana! 😉

 

 

 

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre a autora

A jornalista e publicitária Larissa Drumond passou pelo núcleo de sites de moda da Editora Abril, pelo portal iG e por algumas agências de publicidade em São Paulo. Em setembro de 2016, decidiu finalmente seguir o amor e se mudou para o outro lado do Atlântico, mais precisamente na Holanda – onde continua explorando novidades e tendências de beleza. Trabalha com marketing voltado para o mercado brasileiro em uma startup em Rotterdam; afinal, ela sai do Brasil, mas o Brasil não sai dela. Invejosos diriam que é mentira, mas foi musa inspiradora da música "Larissa Bonita", da Madonna.

Sobre o blog

Seja bem-vindo a este espaço com resenhas, inspirações, achados e tendências de beleza mundo afora. Gosta de maquiagem e produtos de beleza também? Então puxe uma cadeira, vamos conversar!

Larissa Drumond