PUBLICIDADE

Topo

Marcas brasileiras: produtos incríveis por menos de R$ 40

Larissa Drumond

04/12/2017 10h03

Como eu já falei em alguns posts anteriores, eu moro na Holanda há pouco mais de 1 ano. Aqui do outro lado do Atlântico, muitas marcas também presentes no Brasil, como Maybelline e L'Oréal, têm um portfólio muito maior, a farmácia é o verdadeiro paraíso para quem gosta de maquiagem e diversos produtos são vendidos a um precinho bem mais camarada. Tudo isso é verdade! Mas mesmo tendo esse mundo de opções, eu ainda sinto muita falta de marcas brasileiras! Já perdi as contas de quantas vezes me perguntaram qual batom eu estava usando e era o Lápis Batom Matte Stick Vult – Cor 03 da Vult ou o Batom Mate Roxuva da Quem Disse Berenice, por exemplo.

Eu ainda tenho alguns produtos que trouxe do Brasil, mas recentemente uma amiga brasileira que mora em Rotterdam (obrigada, Mariane, pela graça alcançada!) foi visitar a família e voltou carregada. Às vezes eu me sinto na ilha de Lost, em que eu preciso pedir para os Outros fazerem compras para mim no mundo lá fora. É por isso que, mesmo aqui, eu fico sempre de olho nas tendências e nos lançamentos brasileiros e anoto tudo – inclusive dicas de amigas, que são valiosíssimas! – em uma lista, assim posso pedir para alguma alma boa & caridosa trazer para mim na próxima oportunidade.

A única desvantagem é que eu não consigo ir à loja para testar a cor, porque muitas vezes a tonalidade que aparece na tela do computador não condiz exatamente com a realidade; o truque, porém, é ver o que se aproxima mais com os produtos que você tem em casa, perguntar se alguma amiga já usou o produto – e, então, você tem uma noção de acordo com a cor que ela comprou –, ou tentar encontrar resenhas de influenciadoras de beleza. Ninguém disse que seria fácil, mas no fim dá tudo certo. Vamos às compras!

1. Batom Líquido Mate 2,8 ml Rosadili – Quem Disse Berenice (R$ 31,90)

Eu sou fã dos batons líquidos mate da Quem Disse Berenice há alguns anos e vários já entraram no meu nécessaire: o Nudelili, o Uvali, o Marronli e o Vermeli. A durabilidade, a pigmentação e a consistência são excelentes! Eles são muito fáceis de serem aplicados, secam rápido e transferem relativamente pouco. Não sabe o que significa um batom transferir ou não? Se ele não transfere é porque o produto não é passado para outras superfícies, como quando você bebe água e o copo não fica marcado.

Eu gosto muito do fato de eles não craquelarem muito; se isso acontecer, vai ser lá para o fim do dia. Essa é a segunda ou a terceira vez que eu compro o Rosadili, porque este, inclusive, é um dos problemas: os frascos de 2,8ml duram muito pouco! A Quem Disse Berenice lançou há algum tempo as embalagens de 5,6ml, que resolvem em parte a questão, mas as cores infelizmente não são as mesmas.

Dica: antes de aplicar batons líquidos com acabamento muito mate, passe um lip balm para hidratar os lábios ou, se quiser fazer uma misturinha de cores, um batom cremoso. Por mais que ele também seja mate, eu amo misturar o Rosadili (ou o Uvali) com o Flat Out Fabulous, um dos meus batons preferidos da MAC (e da vida). Acho que eu só não o incluí no meu post de batons preferidos, porque os dois que eu tenho têm só um cotoquinho sobrando. Ô, dó! Preciso repor o estoque.


2. Máscara de Cílios Exagerada Volume – Quem Disse Berenice (R$ 37,90)

De acordo com o site oficial da Quem Disse Berenice, essa máscara promete aumentar em 10 vezes o volume dos cílios, deixando-os definidos sem formar grumos, além de ter uma fórmula superpreta que dura o dia inteiro. De fato, o produto cumpre muito bem seu papel! Ele foi indicação de uma amiga (beijo, Milena!), que disse que não conseguia usar outra máscara depois que essa entrou na sua casa e na sua vida, m̶e̶x̶e̶u̶ ̶c̶o̶m̶ ̶a̶s̶ ̶e̶s̶t̶r̶u̶t̶u̶r̶a̶s̶ ̶e̶ ̶s̶a̶r̶o̶u̶ ̶t̶o̶d̶a̶s̶ ̶a̶s̶ ̶f̶e̶r̶i̶d̶a̶s̶. Duas embalagens já tinham acabado e ela já estava rumo à terceira. Fui impactada e resolvi testar para ver se era tudo isso mesmo. Era!

Encontrei poucas máscaras com esse poder todo – uma delas é a Maybelline Volum' Express The Colossal Spider Effect Mascara. Meu Deus, aquilo foi uma paixão louca e desenfreada com direito a "eu te amo" na primeira semana! Mas quem disse que eu encontro para comprar em alguma farmácia dos Países Baixos agora? A única coisa baixa aqui além do nome do país é meu astral, porque nunca mais vi em nenhuma farmácia. Ainda tenho fé de que a gente vai se reencontrar por aí.

Eu indico a máscara da Quem Disse Berenice apenas para os cílios superiores, porque o aplicador é grande demais para os inferiores; ou seja, as chances de borrar são grandes! Lembre-se também de sempre tirar o excesso do produto antes de aplicá-lo, porque às vezes pode vir mais do que o desejado e aí, sim, pode ficar um pouco engruvinhado. Se você gosta de cílios naturais, melhor escolher outra máscara; se quiser um efeito boneca, dê esse presente para si mesma porque vai valer a pena!

Olha só a serenidade no olhar de quem está com os cílios volumosos e não gastou nem R$ 40!

3. Batom Matte Bruna Tavares by Tracta (R$ 35,90)

Esta cena se repetiu algumas vezes: eu me deparava com uma foto no Instagram, me apaixonava perdidamente pelo batom, perguntava qual era e recebia a resposta: "É o tal da Bruna Tavares" – quase sempre o "tal" era a cor Mariana. Também já estava cansada de assistir a mil tutoriais no Youtube em que o batom usado era dessa linha. Então um belo dia eu acordei e falei: "Quer saber? Chega de passar vontade, vou comprar!" Pronto, comprei 4 de uma vez no site TBlogs e só me arrependi de não ter feito isso antes. Mas achei o frete carinho, viu? Paguei R$ 9!

Eu escrevi ali em cima que os batons da Quem Disse Berenice são ótimos (e é verdade!), mas o melhor líquido mate que eu havia usado até então era o da Kylie Jenner Cosmetics. As pessoas podem falar que a Kylie não faz nada da vida além de tirar selfie, mas eu a defenderei por toda a eternidade apenas pelo fato de ela ter criado uma das melhores marcas de batom existentes na Via Láctea.

Uma rápida pausa para agradecer à minha amiga Mariella, que me deu o Candy K de presente e, para isso acontecer, ficou 6 meses tentando comprá-lo – sempre que a Kylie anunciava um novo estoque, tudo se esgotava em questão de minutos – e ainda foi taxada pela alfândega! Se isso não for amizade verdadeira, eu não sei o que é. A espera valeu a pena, porque a qualidade é impressionante: eu posso comer, beber, falar e o danado continua lá.

E por que eu estou falando tudo isso? Porque a fixação da linha da Bruna Tavares me lembrou bastante a da Kylie, apesar de ser um pouco menor. Os batons são bem sequinhos, mas mesmo assim não craquelam e ficam muito confortáveis nos lábios. Se quiser uma versão nacional e em conta, fica a dica!

4. Soul Kiss Me Batom Mate – Eudora (R$ 19,99)

Esta foi a primeira vez que eu experimentei algum produto da Eudora – não me pergunte por quê! Eu senti uma movimentação nos blogs e nos canais de beleza sobre o Nude Autoral e o Nude Vitória, da linha Soul Kiss Me, e resolvi experimentá-los para tirar as minhas próprias conclusões.

Sinceramente, eu sempre uso a cor que eu quero na hora em que eu tenho vontade, mas existe muita gente que gosta de respeitar regras de cores para o dia, para a noite, para o inverno ou para o verão – e tudo bem, o importante é ser feliz! Com base nisso, eu diria que o Nude Autoral seria mais para o dia a dia, porque ele tem um fundo rosa, enquanto o Vitoria é superchique e ficaria lindo em uma maquiagem de festa por ter um tom puxado para o greige – termo criado da junção das palavras gray (cinza) e beige (bege).

A fixação e a durabilidade são boas e, pensando que você vai desembolsar apenas R$ 19,99, é um excelente custo-benefício. De qualquer forma, eu acho melhor aplicar um lip balm por baixo, porque a textura deles é bem seca. Se sua boca estiver cheia de pelinhas ou rachando por causa do clima, é melhor hidratar os lábios por alguns dias para depois usá-los.

5. Pó compacto e corretivo líquido HD Vult (R$ 23,90 cada)

Esta também foi a primeira vez que eu usei produtos para a pele da Vult. Geralmente eu uso corretivos de outras marcas e o meu pó compacto da vida, sem dúvida, é o Studio Fix da MAC (minha cor é a NC 30). Para mim, ele é o melhor em termos de qualidade, consistência, fixação, durabilidade, acabamento, enfim… Tudo. Uso há anos e ainda não experimentei outro que me deixasse mais apaixonada.

Mesmo assim, eu gostei bastante do pó da Vult: é uma opção excelente para o dia a dia, porque a textura é fina e a cobertura, leve – comprei a cor 02 (Bege). Se você quer um produto para levar na bolsa e dar aquele retoque sempre que precisar, eu recomendo. No entanto, eu não gostei da esponja que veio na parte de baixo da embalagem. Apesar de ser charmosa, com estampa de zebrinha, achei muito dura e fina, então considere levar um pincel no nécessaire ou investir em uma esponja mais macia.

Quanto ao corretivo, achei ótimo. De verdade! Não vou falar que é o corretivo que mudou a minha vida, mas ele não deixa a desejar: a cobertura é alta sem ficar artificial e suficiente para disfarçar minhas olheiras e imperfeições. A fórmula é enriquecida com Pantenol e Vitamina E, ativos que auxiliam na hidratação e no combate aos efeitos nocivos dos radicais livres, prevenindo o envelhecimento precoce da pele. O que isso quer dizer? Que você fica linda no presente e no futuro!

Normalmente eu aplico o corretivo com um pincel e finalizo com uma esponja queijo (aquela triangular), que é ótima para alcançar os cantinhos. Escolhi a cor R-102, que acabou ficando muito clara para o rosto, mas perfeita para a área das olheiras. Não sei se compraria o pó novamente, porque eu ainda prefiro o da MAC (apesar de ser mais de R$ 100 mais caro), mas compraria o corretivo sem pensar duas vezes.

Você já experimentou algum desses produtos? Conte para mim o que achou. Vou adorar saber a sua opinião! 😉

Siga também meu perfil no Instagram (@laridrumond) ou mande um e-mail para larissatudobeleza@gmail.com. Até a próxima!

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre a autora

A jornalista e publicitária Larissa Drumond passou pelo núcleo de sites de moda da Editora Abril, pelo portal iG e por algumas agências de publicidade em São Paulo. Em setembro de 2016, decidiu finalmente seguir o amor e se mudou para o outro lado do Atlântico, mais precisamente na Holanda – onde continua explorando novidades e tendências de beleza. Trabalha com marketing voltado para o mercado brasileiro em uma startup em Rotterdam; afinal, ela sai do Brasil, mas o Brasil não sai dela. Invejosos diriam que é mentira, mas foi musa inspiradora da música "Larissa Bonita", da Madonna.

Sobre o blog

Seja bem-vindo a este espaço com resenhas, inspirações, achados e tendências de beleza mundo afora. Gosta de maquiagem e produtos de beleza também? Então puxe uma cadeira, vamos conversar!

Larissa Drumond